Repetir Roupa

Repetir roupa

Jackie O no verão de 1971

A inspiração do post de hoje veio dessa foto, Jackie O no verão de 1971. Claro que chama muita atenção o fato dela estar com uma expressão bem relaxada e alegre, bronzeada e com cara de verão. Mas também não tem como não deixar de prestar atenção no que ela está usando, que aliás poderia estar nas lojas e nos nossos armários agora. E quem não gostaria? Saia com fenda e babados, cintura marcada, uma malha de tricot justa que poderia ser um bodysuit, sandália rasteira, brincos de argola. E que estilo que ela tinha! Isso me fez pensar na historia da discussão de repetir roupa.

Tudo por causa de uma pesquisa dizendo que a maioria das adolescentes não quer repetir roupa por causa das fotos no Instagram. Lamentável se essa pesquisa é mesmo verdade. Porque uma foto dessa é muito mais interessante que qualquer uma de quem só mostra look do dia com roupa nova. Aqui eu vejo estilo, confiança, naturalidade. E isso sim com certeza é admirável, não uma roupa nova.

Ando pensando como as coisas mais antigas que tenho no armário são as coisas que mais gosto de usar, são as que me deixam mais feliz porque acertei muito na compra e cuido muito para que elas não acabem tão cedo. E porque com certeza elas tem a minha cara ou o que chamam de nosso estilo pessoal, que deve ser único independente do que está por aí nas lojas.

Recomendo esse exercício de fazer essa pesquisa dentro do armário de vocês. Pode ajudar muito quando for às compras e até mesmo a resolver que não é hora de comprar nada novo para ir àquela festa. Melhor mesmo é repetir roupa que tem a nossa cara e nos deixa feliz.

Olha outro post que também falei um pouco disso aqui.

Marcia, de NY