Designers Negros

Designer Negros foi o tema das exposições do Museu do FIT em NY. O instituto é sempre extremamente relevantes no que diz respeito a tendências de comportamento. A moda mais uma vez trazendo sua capacidade de antever questões sociais.

O museu sempre foi uma parada obrigatória do nosso curso de moda em NY o  NY Fashion Tour e lembrei dessa exposição que visitamos em fevereiro de 2017 “Black Fashion Designers“:

“Os curadores reconheceram o problema de usar a raça como uma lente para ver o design de moda. A jornalista de moda Robin Givhan abordou as implicações de tal categorização quando dos designers negros muitas vezes passam despercebidos e sub-representados, há muito a ser aprendido com essa exposição sobre os desafios enfrentados pelos designers negros e como suas experiências mudaram ao longo do tempo. Ainda hoje, eles representam apenas um por cento dos designers cobertos pelo VogueRunway.com.”

“Os designers apresentados no Black Fashion Designers trabalham em uma variedade diversificada de estilos individuais; nem todos falam em uma só voz. Duro Olowu (foto), um designer nigeriano-jamaicano de Londres, baseia-se em múltiplas perspectivas culturais e enfatiza o papel histórico da África na produção cultural e no comércio internacional.”

“Apesar do progresso ao longo do último meio século, a indústria da moda não é tão acolhedora quanto se poderia esperar. No entanto, o valor da diversidade está sendo cada vez mais reconhecido. Os designers negros contribuem com perspectivas alternativas para a moda, que a tornam mais criativa, mais inclusiva e mais variada, tanto como forma de arte quanto como indústria.” museumatfit .

 

Leia também sobre Diversidade, aqui.